apreciacao-musical-imagem-destacada

Apreciação musical: como trabalhá-la em casa

A apreciação musical é uma atividade tão simples e relaxante quanto fundamental na educação da escuta. E é algo que pode ser feito em casa ou no carro, com seus filhos. Escutar música é algo natural. O papel da apreciação musical é trazer a escuta para um plano mais consciente, onde se descobrem palavras ou representações gráficas (desenhos, por exemplo) para representar o som. Aulas de apreciação musical são comuns desde a educação infantil até cursos de pós-graduação em música e existe uma linha clara que une todos estes níveis de apreciação musical, que é: Aprender a não apenas ouvir, mas escutar música.

Ouvir ou escutar, qual é a diferença?

OUVIR remete ao ouvido. A palavra é auto explicativa, e diz respeito a uma relação mais fisiológica com o som. Remete à mera vibração sonora que chega aos ouvidos.

ESCUTAR é trazer o som para um plano mais significativo. É onde acontece a emoção e também a compreensão. Diferenciar instrumentos e perceber o caráter expressivo de cada um. Notar repetições, variações e assim por diante. Escutar é usar o ouvido como instrumento para um propósito maior.

Por exemplo: posso ouvir alguém falando horas e não prestar atenção em nada. Escutar de fato requer uma boa atenção.

Uma reflexão:

apreciacao-musical-1Se você pensar bem a ESCUTA é uma das principais coisas a se desenvolver quando se pretende criar seres humanos sensíveis. A sua autoridade como pai ou mãe depende disso. Sabe aquelas crianças que fazem “ouvido de mercador” para os pais? Isso tem a ver com o papel da escuta em casa. Imposições rígidas, muitas vezes são acompanhadas por inconsistências ou palavras não cumpridas pelos pais. Ensinar pela mansidão, com flexibilidade e escuta mútua é uma forma de deixar a possibilidade de comunicação sempre latente e viva.

Como fazer apreciação musical em casa?

A apreciação musical pode ocorrer em qualquer lugar. Em casa, no carro, no acampamento, ouvindo os sons da natureza, ouvindo os sons da cidade, comparando os sons dos carros com os ônibus, enfim… As possibilidades são realmente infinitas.

Ouvir música com atenção está ao alcance de todos, mas nem todo mundo experimentou o poder que isso tem. Ir a um show ou concerto tem uma magia insubstituível, mas podemos criar um ambiente que imite esta experiência, em casa.

[DICA] Apague a luz do quarto, deixe apenas uma luminária. Leve as crianças e inicie com uma conversa bem leve, dando espaço para todos se manifestarem e se sentirem à vontade.

Escolham uma música juntos e combine que não trocarão de música neste dia, que se quiserem escolher outra música, deixarão para outro dia. Isso é importante, porque é preciso uma certa reverência àquilo que se está ouvindo, para evitar perder aquele clima que foi conquistado.

Use desenhos

apreciacao-musical-desenho-infantilCrianças até 7 anos funcionarão muito bem se você pedir que elas desenhem o som. É próprio desta faixa etária gostar de desenhar. Além de ajudá-las a se concentrarem mais, fará que de fato elas se libertem para ouvir o som e se expressarem sob sua influência. O desenho pode ser útil em qualquer faixa etária, inclusive para os adultos.

 

Faça perguntas

Fazer perguntas deixa as crianças à vontade. Elas gostam de ser referência e de terem as respostas. Elas também precisarão exercitar a capacidade de verbalizar e isto também é um papel importante da apreciação.

Algumas perguntas que você pode lançar:

  • Essa música é rápida ou lenta?
  • Tem momentos tristes ou alegres?
  • Você sabe reconhecer o som da bateria?
  • Isso é um violino ou uma flauta?
  • Este som se parece com qual bicho?
  • Qual é o instrumento de som mais agudo? (ou fino, dependendo da criança).

Estimule a movimentação corporal

apreciacao-musical-2A dança é também muito legal para entreter as crianças e deve ser usada de forma bastante livre, buscando respeitar a expressividade de cada um.

Mesmo em momentos mais calmos, a meia luz, é possível usar os movimentos dos braços, das mãos de forma a representar o som.

 

Encontre a maneira que funciona pra vocês

Não é preciso usar um ar professoral, ou encarar esta atividade como uma aula. Basta focar a atenção em ter um momento agradável. Para as crianças é apenas uma brincadeira.

Busque aquilo que se adapte melhor na sua vida em família. Isso faz parte da construção de sua família, e da relação entre você e seus filhos.

Use os sinais das crianças para interpretar a compreensão que já são capazes de ter. Não use para cobrar. Divirta-se e depois deixe um comentário me contado como foi hein?

Deixo para você essa reflexão do Rubem Alves. Quem indicou foi um leitor do Blog, o Eduardo Augusto:

apreciacao-musical-escuta-rubem-alves

cta-meio-post-curso-amigo-violao-vendas

Você também gostará de ler:

Ricardo Novais

Professor de violão para crianças, bacharel em violão pela UFMG. Pai de Rosa, Lira e Aurora.

2 comentários em “Apreciação musical: como trabalhá-la em casa

  1. Tenho usado músicas populares infantis para ajudar a desenvolver e até para educar/disciplinar. Mas ainda não tentei esta vertente relacional de sensibilização para a música. Adorei as dicas e a ideia do desenho!

    1. Oi Rebeca, é legal mesmo, e de forma livre, sem direcionar a criança. Experimente fazer o seu próprio desenho, e isso será um estímulo a mais para a atividade transcorrer. Outra dica: Dê nomes de animais a diferentes instrumentos ou a diferentes partes da música. Discuta o que estes animais estão fazendo. Passeando, brincando, pulando… Desenhar isso será um exercício de notação musical. Acredite. A notação musical, em crianças de 2 a 5 anos, começa assim, partindo do sentido concreto, e não abstrato, que a criança atribui à escuta musical. Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *